[caption id="attachment_4148" align="alignnone" width="640"]creme-cerejas O creme ficou ainda mais gostoso com cerejas bêbadas (em conserva de vodca)[/caption]

Era para ser um pudim. Decidi fazê-lo ontem à noite, de última hora, enquanto meu filho tomava um iogurte antes de dormir. Eu não queria perder a mandioca que já estava cozida, e a receita era simples à beça, rapidinha. Mas não rápida o suficiente. Para colocar o menino na cama a tempo, fiz tudo tão correndo que esqueci um ingrediente básico: o leite.

Só percebi o erro quando o negócio já estava no forno, então decidi seguir em frente e ver no que dava. Deu numa sobremesa gostosa, de alguma forma lembrando um doce de ovos português, carregado no açúcar, ao qual se misturou a brasileiríssima mandioca. Ficou ainda melhor quando acompanhado de uma conserva de cerejas em vodca que tínhamos em casa (preparada pelo meu marido).

Hoje pretendo comprar mais ovos e preparar um pudim de verdade com a outra metade da mandioca. Mas decidi já compartilhar aqui a receita do meu erro que deu certo.

Teste número 33
Receita:
pudim de aipim (ou mandioca, como é mais comum falar em São Paulo)
Fonte: caderno de receitas da minha mãe
Resultado: outra coisa — um creme gostoso, mas não um pudim. Faria de novo, mas diminuiria o açúcar.

Ingredientes
1 xícara de mandioca cozida passada no processador
1 xícara de açúcar derretido em água (ou menos, se você não gostar de doce tão doce)
50 gramas de manteiga derretida
2 ovos, sendo as claras em neve

Modo de preparo
Levei o açúcar ao fogo com uma xícara de água. Queria uma calda mais grossa, então deixei apurar.

Usei um pouco da calda para untar as formas refratárias. O resto, misturei à mandioca. Acrescentei a manteiga derretida e as gemas e mexi bem. Por fim, juntei as claras em neve e as incorporei ao creme delicadamente, com uma espátula.

Despejei o creme em formas refratárias e as posicionei sobre uma assadeira com água, em banho-maria. Levei ao forno aquecido a 180ºC e deixei até o creme ficar consistente.

[caption id="attachment_4147" align="alignnone" width="640"]Em um dos potes com creme, salpiquei uvas-passas antes de assar Em um dos potes com creme, salpiquei uvas-passas antes de assar[/caption]

Para cozinhar mais:

2 Comments on Doce cremoso de mandioca — o errado que deu certo

  1. Caderno de receitas de mãe é muito interessante: lembranças da infância… Lembranças de lambanças na cozinha… Lembranças de felizes dias.
    Estou cozinhando umas mandiocas aqui no sítio em Santa Isabel – SP. Reservei uma para fazer o creme, que era um pudim que deu errado.

    • Lembrar de comida de mãe muitas vezes é lembrar de carinho, cuidado, bons momentos em família. Ontem mesmo eu estava lembrando da mandioca cozida servida com mel que minha mãe fazia para os filhos. Uma sobremesa tão boa! E tão simples que nem está no caderno de receitas dela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *