[caption id="attachment_4062" align="alignnone" width="640"]Quiches lorraine e de alho-poró: dois bons motivos para tomar um vinho francês Quiches lorraine e de alho-poró: dois bons motivos para tomar um vinho francês[/caption]

Fiquei feliz com o resultado das minhas primeiras quiches. Preparei essa receita clássica francesa para uma aula sobre vinhos da França organizada pelo blog Ponto Cru, da jornalista Tânia Nogueira (a propósito, minha cunhada). No curso, as tortas — uma lorraine (com bacon) e a outra com alho-poró — acompanharam um vinho riesling da região da Alsácia. Uma delícia de combinação.

Teste número 44: quiche
Fonte – Livro Cooking, da Melhoramentos — com adaptações.
Grau de dificuldade – Fácil (mas sempre tem a emoção de desenformar).
Resultado – Delícia de crosta crocante e recheio cremoso.

Ingredientes
Para a massa
115 gramas de manteiga
225 gramas de farinha de trigo (mais um tanto para polvilhar)
1 gema
1 xícara de feijões (ou qualquer semente ou grão que funcione como um peso)
Para o recheio da quiche lorraine
200 gramas de bacon
1 cebola
75 gramas de queijo gruyère
4 ovos
150 mililitros de creme de leite fresco
150 mililitros de leite
Sal
Pimenta-do-reino moída na hora
Para o recheio da quiche de alho-poró
1 talo de alho-poró
Azeite
75 gramas de queijo gruyère
4 ovos
150 mililitros de creme de leite fresco
150 mililitros de leite
Sal
Pimenta-do-reino moída na hora
Noz-moscada

Modo de preparo da massa
Cortei a manteiga gelada em cubinhos e misturei à farinha, usando a ponta dos dedos, até chegar a uma textura esfarelada (outra opção era usar um processador). Juntei a gema e, aos poucos, algumas colheradas de água gelada, até conseguir uma massa uniforme. Enrolei em filme plástico e deixei na geladeira por 30 minutos.

Em uma superfície enfarinhada, abri a massa com um rolo, depois a transferi para uma assadeira de fundo removível. Com as mãos, grudei pedacinhos da massa que se soltaram e ajustei as bordas. Cortei um círculo de papel-manteiga, posicionei sobre a massa e, em cima dele, despejei uma xícara de trigo cru (a ideia aqui é criar um peso; a receita original pedia feijões). Assei a massa por 10 minutos em um forno pré-aquecido a 190 ºC, depois descartei o papel-manteiga e o trigo.

Para o recheio da quiche lorraine
Cortei o bacon em cubos e fritei em uma frigideira grande, sem acrescentar mais gordura. Quando estava dourado, juntei a cebola e refoguei por alguns minutos, até murchar bem.

Espalhei o bacon com a cebola sobre a massa pré-assada. Por cima, ralei o gruyère. Por último, despejei uma mistura do ovo batido com o creme de leite, o leite, o sal e a pimenta.

Assei a 190º até a superfície dourar e o recheio firmar. Deixei na geladeira de um dia para o outro e desenformei quando a torta estava fria. Na hora de servir, ela foi aquecida em forno baixo.

Para o recheio da quiche de alho-poró
Fatiei o alho-poró em rodelas finas, descartando a parte mais verde e grossa, e refoguei com um fio de azeite.

Espalhei o alho-poró sobre a massa pré-assada. Por cima, ralei o gruyère. Por último, despejei uma mistura do ovo batido com o creme de leite, o leite, o sal, a pimenta e o alho-poró.

Assei a 190º até a superfície dourar e o recheio firmar um pouco. Deixei na geladeira de um dia para o outro e desenformei quando a torta estava fria. Na hora de servir, ela foi aquecida em forno baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *