crepe com mexerica 2

As melhores mexericas (ou tangerinas, ou bergamotas) da minha vida eu comi em uma temporada na Serra Gaúcha. Saborosas, suculentas, ácidas na medida, recém-colhidas. Em São Paulo, na falta de um pé de mexerica no quintal que eu não tenho, apelo para a feira ou para o mercado. Não é a mesma coisa, mas trabalhamos com o que temos, e esta é a melhor época para comprar essas frutas cheirosas.

No último domingo, Dia dos Namorados recheado de atividades com a famíllia, eu não tinha pensado em sobremesa para o jantar a dois até servir, cedo, o jantar do meu filho. Cozinhei para ele rolinhos de panquecas com queijo, presunto e molho de tomate acompanhados de espinafre refogado. Sobrou massa e, ali ao lado, no cesto de frutas, havia muitas mexericas dando sopa, então juntei as duas coisas e preparei um doce que espalhou um aroma incrível pela casa. Chamei de crepe, em vez de panqueca, para dar um ar meio francês e assim ter desculpa para contar que fiz uma aula de crepes e galetes na Cordon Bleu de Paris — mas, na verdade, panqueca para mim é das comidinhas simples e gostosas da infância, e remete mais a férias no sítio em Atibaia do que a refeições em restaurante francês.

Ingredientes
Massa
(rende 4 panquecas de mais ou menos 20 cm de diâmetro)
100 gramas de farinha de trigo
3 ovos
200 mililitros de leite
1 pitada de sal

Calda
(os ingredientes são para a calda de duas panquecas; se quiser usar toda a massa nesta sobremesa, dobre a quantidade da calda, mas a faça em duas etapas):
1 colher (sopa) beeeem cheia de manteiga
2 colheres (sopa) cheias de açúcar
3 mexericas
25 mililitros de cointreau
25 mililitros de brandy

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes da massa.

Despeje conchadas da massa em uma frigideira, de preferência antiaderente, pré-aquecida e untada com óleo (eu uso um em spray para facilitar). Incline a frigideira para que a massa se espalhe e forme uma camada fina. Espere a massa endurecer um pouco e as laterais começarem a se soltar. Rapidamente, pegue a panqueca com uma espátula e vire para cozinhar do outro lado. Retire e reserve.

Unte novamente a frigideira e repita a operação (em uma frigideira de 25 centímetros de diâmetro, você fará quatro panquecas). É possível preparar as panquecas com antecedência e guardar na geladeira.

Antes de começar a calda, dobre cada panqueca ao meio e depois dobre novamente, formando um leque.

Para a calda, misture em uma frigideira a manteiga e o açúcar, depois junte os gomos de duas mexericas (com os caroços retirados) e o suco da terceira mexerica. Quando tiver uma calda caramelada, é hora de flambar com o cointreau e o brandy misturados.

Disponha as panquecas em leque na frigideira com a calda. Pegue uma conchada de cointreau e brandy e, com cuidado, aproxime a concha inclinada da chama do fogão, para a bebida pegar fogo. Despeje a bebida em chamas sobre uma panqueca, depois repita a operação com a outra panqueca. Espere o fogo acabar e sirva imediatamente.

3 Comments on Crepe de mexerica flambada – sobremesa de improviso com uma fruta da estação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *