1458623_10201281309829639_518672606022681066_nNa infância, eu via o caderno de receitas da minha mãe como um objeto especial, que guardava segredos. Adulta, jornalista e mãe, decidi colocar em prática todos os 204 pratos apresentados naquelas páginas já amareladas e manchadas. Logo descobri que elas guardam, sim, mistérios: muitos dos detalhes das receitas estão nas entrelinhas, na memória da minha mãe e de outras mulheres que estavam acostumadas a prepará-los. Sem grande experiência como cozinheira, preciso contar com sorte, instinto, teimosia e dicas externas para acertar a mão nos doces e salgados.

Algumas dessas dicas vêm de chefs, que aqui falam de suas raízes culinárias, de seus pratos favoritos da infância, das marcas que a comida da mãe (ou do pai, do avô, da avó, da tia…) deixou no que fazem hoje.

Também cabem neste blog dicas de bons restaurantes e bares, discussões sobre comida e o que mais render uma boa conversa à mesa.

Bom apetite!

Mariana Weber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *